Você sabe o que é um código de barras DUN14?

Você sabe o que é um código de barras DUN14?

O código de barras DUN-14 em inglês “Distribution Unit Number” é um código de barras de 14 dígitos geralmente utilizados em container, caixas de transporte, paletes, etc.

Sua principal função é permitir que comerciantes, varejistas e atacadistas controlem seus estoques a verificação e baixa de múltiplas unidades de produto de uma só vez.

Desta forma, um produto que é vendido para o consumidor final identificado com um código de barras EAN-13, é fornecido ao comércio em caixas contendo várias unidades deste produto, por exemplo uma caixa contendo 100 unidades. E são essas caixas que são identificadas pelo código de barras DUN-14.

Os Códigos de Barras DUN-14 são códigos cuja numeração é composta pela numeração do código de barras EAN-13 do produto.

Assim, o código de barras DUN-14 é composto por:

Sequencial de Identificação da Unidade Logística + Código EAN 13 sem o Dígito Verificador + Dígito Verificador do DUN 14, correspondendo então a 14 dígitos.

Uma unidade logística neste caso é uma caixa de distribuição de um determinado produto. Vamos dizer que uma fábrica produza o Sabonete Maçã cujo código de barras é representado pelo número: 9501234567891

E este Sabonete Maçã é distribuído aos revendedores em caixas contendo 20 unidades, 50 unidades e 100 unidades.

Então o código de barras DUN 14 será representado da seguinte forma:

– Caixa com 20 unidades: 19501234567899
– Caixa com 50 unidades: 29501234567895
– Caixa com 100 unidades: 39501234567892

Os números 1, 2 e 3 representam o sequencial de agrupamento do item ou o tipo de unidade logística que está sendo empregada para o Sabonete Maçã. Onde 1 é a caixa com 20 unidades, 2 é a caixa com 50 unidades e 3 é a caixa com 100 unidades.

A quantidade de cada produto dentro de uma caixa de distribuição é determinada pelo fabricante e não precisa seguir o exemplo apresentado acima. No entanto quando um fabricante criar uma representação de DUN 14 para um determinado produto este precisa ser anunciado aos seus distribuidores para que possam carregar suas bases de dados com este novo código, de modo que uma caixa ao chegar ao seu depósito e esta for lida pelos seus equipamentos de decodificação de código de barras seja possível verificar a quantidade de cada produto que está dando entrada em seu depósito.

Considerações finais sobre o DUN 14

As principais considerações sobre este código de barras são:

  • O código DUN 14 pode ter apenas um tipo de item, não pode ter itens diferentes em uma mesma caixa, o que será representado por outro código de barras.
  • A caixa de distribuição representada pelo DUN 14 não passa pelo check out dos fornecedores. O que significa que este código de barras não é utilizado em equipamentos de máquinas registradoras para serem vendidas ao cliente final.
  • O código DUN 14 serve apenas para identificar ao distribuidor quantas unidades de um determinado produto está dando entrada em seu ambiente de depósito. Sendo assim um código de barras puramente logístico.
  • O Código DUN 14 pode ter até 8 variantes logísticas, representadas pelo prefixo 1 a 8.
  • A simbologia do código de barras não é a mesma que representa o código de barras para produtos comerciais e seu dígito verificador é calculado de forma diferente.

Para obter código de barras DUN 14 para seus produtos acesse:

https://digitalcodes.org/br/codigo-de-barras-para-caixas.asp

A Nota Fiscal Eletrônica e o Código de Barras

Desde o lançamento da Nota Fiscal Eletrônica em agosto de 2018 ficou originalmente estipulado que os campos cEan e cEanTrib deveriam ser preenchidos com o número do código de barras utilizado na embalagem do produto.

Assim, algumas numerações deixaram de ser utilizadas e o ENCAT passou a adotar tabela única de números contendo uma série de prefixos numéricos possíveis de serem utilizados.

Contudo, a obrigatoriedade do preenchimento destes campos na NFe 4.0 foi adiada para uma data futura ainda não informada, conforme publicado na Nota Técnica de dezembro de 07/12/2018 (vide tabela abaixo).

Assim, em resumo até que seja publicada nova nota técnica os campos cEan e cEanTrib podem ficar em branco ou podem ser preenchidos com a informação SEM GTIN. E nenhuma empresa poderá exigir o preenchimento dos campos citados.

Porém, se quiser preencher os campos com a numeração de código de barras, os campos devem ser preenchidos com numerações aceitas pela tabela do ENCAT.